Crumble de marmelo

Sabem aquela súbita e inesperada vontade de comer algo fora de época? Eu, pecador, me confesso.

Um destes dias apeteceu-me marmelos. Estranho, eu sei. Fico sempre com a sensação de que, na hierarquia dos frutos, este é invariavelmente dos que acabam relegados para o final da fila. Com um sabor tão inconfundível, é uma pena que não seja mais explorado. Felizmente que tinha alguns guardados no frigorífico à espera de coragem para fazer marmelada. Mudei os planos e transformei-os num reconfortante crumble, com um aroma a lembrar os dias frios. Porque comida saborosa não tem dia nem mês marcado, não concordam?

Informação

Doses

6 pessoas

Preparação

20 minutos

Cozedura

55 minutos

Ingredientes

  • 5 marmelos (cerca de 500 g)

  • 1 estrela-de-anis

  • 2 paus de canela

  • 1 cálice de vinho do Porto

  • 75 g de açúcar amarelo

  • Para a cobertura:
  • 220 g de farinha s/ fermento

  • 100 g de manteiga

  • 100 g de açúcar mascavado

  • Canela em pó

Passo a passo

  • Lave, descasque e descaroce os marmelos. Em seguida, corte-os em pedaços mais pequenos. Coloque-os numa panela a cozer (apenas com água suficiente para os cobrir), juntamente com o anis, a canela e o vinho do Porto.
  • Quando a água começar a ferver, adicione o açúcar e deixe cozer até formar uma calda espessa. Este processo demora cerca de 20 a 25 minutos.
  • Depois de os marmelos estarem cozidos, retire o anis e a canela e verta-os para uma assadeira previamente untada, juntamente com a calda da cozedura.
  • Numa taça grande, misture com as mãos a farinha e a manteiga cortada em cubos até ficar com a textura de uma areia grossa. De seguida, adicione um pouco de canela e apenas 75 g de açúcar. Volte a misturar tudo muito bem.
  • Coloque este preparado sobre os marmelos, polvilhe com o restante açúcar e leve ao forno, pré-aquecido a 180 C, durante aproximadamente 30 minutos.
  • Sirva morno, simples ou acompanhado de um pouco de chantilly.